15 de nov de 2010

Sambiose


Depois que a gente faz amor,
Ele canta um samba pra mim...
Me faz de pandeiro,
De tamborim...
Me deixa completamente tantã...
Ah!
Quanta percussão
É capaz de produzir meu corpo
Diante de suas mãos...
Sou sensível ao seu toque...
Rodopiando num samba-rock
Não consigo dizer não.
Me leva de novo pra cama,
Feito louco novamente me ama,
Depois compõe outra canção...

Desassossego


De tão presente,
Preenche.
De tão ausente,
Latente.
Tanto enredo,
Desassossego.