26 de abr de 2013

Primeiro amor


Precisava ver a alegria dele!
Aquela cara de bobo ao se dar conta
De que ganhou sua primeira bonequinha...
Seus olhos azuis brilhavam,
Vertiam coraçõezinhos
E refletiam os olhinhos azuis dela!
Ela, pequena, branca e frágil como porcelana.
Ele, ainda menino,
Mas homem o bastante
Para zelar pelo seu tesouro feminino!

Nenhum comentário:

Postar um comentário