4 de ago de 2010

Faz parte...



Paradoxalmente a dor
Brota de um raio de alegria...
Assim como uma manhã clara de sol
Que nos ilumina, aquece, contagia...
Mas diante do ciclo da vida,
O dia torna-se noite,
Assim como a noite precede o dia...
E nas etapas do amor
Também é preciso enfrentar a noite
E esperar o dia acontecer...
Às vezes ele não vem da forma que esperamos;
Amanhece nublado, chuviscando...
Mas ainda é preciso crer em um novo amanhecer,
Pois como disse um grande poeta:
“O amor só é bom se doer.”
E mesclando dor e felicidade,
Encontros e saudades,
A vida ensina a gente!
E é assim que seguimos essa caminhada
Evolutivamente.

Um comentário: