27 de ago de 2010

Xeque-mate


Em mim
Se fez xadrez...
Um misto de partes
Brancas e pretas
Que quadriculam minha alma.
Hora luz,
Hora trevas...
Peões, bispos, cavalos...
Coadjuvantes sem pressa.

Arrasto peças...
Hora luz,
Hora trevas...
Coração lúdico.
Sou Rainha de mim.
Da torre vejo tudo!
Nada é como parece...
Meu Rei,
Está em xeque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário