13 de out de 2009

Quero me molhar


Quero um vendaval,
Uma torrente que me arraste!
Que vença as minhas forças,
Que me molhe inteira!
Saí debaixo do telhado,
Desprovida de capa e guarda-chuva...
Quero ser completamente inundada!
Afogar-me...
Molhar-me inteira!
Preciso de tempestade...
Não de nuvem passageira.

2 comentários:

  1. OH poetiza maravilhosa!
    Parabéns pra nóis!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Tô te achando, Camila, ao menos virtuamente e isso é muito bom. Sou testemunha viva da poesia falada tão encantatóriamente por você e fico feliz por poder te "achar" melhor aqui neste teu gostoso, ainda que virtual, cantinho. Beijo, Shidon, agora vou pular para o orkut.

    ResponderExcluir