28 de abr de 2010

Tempos difíceis


Seus olhos já não têm a mesma luz...
O ar... pesa...
E momentaneamente só o tenho de corpo presente,
Enquanto sua mente passeia por interrogações...

Tempos difíceis...
Lidar com a morte,
Contar com a sorte,
Fugir dos furacões...

A paixão existe...
Persiste...
Mas adormece
Como os vulcões.

Um comentário:

  1. Eita que vulcão quando adormece...sonha
    E acorda
    E quando acorda !!explode!!!

    ResponderExcluir