6 de jul de 2012

Pensamentos

Pensamentos...

subtamente aparecem,

como bolhas de sabão

em um sopro crescem

e voam...

voam...

Às vezes tão alto

que estouram espalhando particulas

que causam ardor aos olhos.

Pensamentos...

subtamente crescem...

Ah! Se pudéssemos evitá-los,

por mera tolice pará-los,

controlá-los...

Mas em sua leveza sutíl,

voam...

voam...

E quase que imperceptívelmente,

cá estamos nós,

pensando novamente...

Nenhum comentário:

Postar um comentário