17 de ago de 2009

Eternizando...


Disparei a escrever versos sobre nós...
Acho que nunca estive tão inspirada!
Ainda sinto o teu cheiro, ouço a tua voz,
Sinto tua pele na minha colada...

Então minha caneta corre veloz...
Lembranças que me deixam extasiada.
A doce paixão vivida por nós,
Ficará no papel eternizada!

Pois se o tempo apagar, posto que é chama...
Há de ser sempre a lembrança querida!
A história de quem vence o medo e ama,

Deixo com detalhes enriquecida.
Não é mais um ímpeto de paixão insana...
Só quero que jamais seja esquecida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário