27 de ago de 2009

Lid's


Menina leoa com a juba trançada
Rugindo poemas com voz de trovão.
Menina por sonhos alimentada,
Um farol de luz ante a escuridão.

Menina que luta, embora cansada,
Travando batalhas com sua razão.
Com a força do vento foi abençoada
E os ventos do norte dão a direção.

As porradas que recebe da vida
Revelam o dom de sua incrível magia!
O poder de estancar as suas feridas,

E diluir a sua dor em suas alegrias.
Por isso é que amo essa amiga querida,
Essa menina leoa que é toda poesia.

Um comentário:

  1. Flôr... obrigada por isso, to com "cara" de leoa besta agora ahahahaha.

    Axé sempre!

    ResponderExcluir