28 de jul de 2009

As fortes sobrevivem


Ah! Se pudessem compreender
A incompreendida alma feminina!
Sentir o sangue ferver
Ao descobrir-se mulher quando menina...

Ah! Se pudessem viver
Essa mutação hormonal!
Cólica, TPM, as mudanças
Da idade gestacional...

Se vivessem essa jornada
Sentindo a angústia e o temor
Por um dia ter sido destinada
A parir com dor...

Ah! Se pudessem de fato compreender...
Ou ao menos lembrar sequer
Que a sua primeira morada,
Foi o ventre de uma mulher!

Talvez tivéssemos mais valor...
Talvez houvesse mais respeito
Diante de um mundo de tanto terror...

Situações humilhantes,
Tanta injustiça...
Mulher virando troféu de traficante,
Barganha de viciado machista!

Exploração sexual,
Revista ilegal, abuso de autoridade policial,
Violência física, emocional...
Vergonha no piso salarial!

Ah! Homens... se tivessem a exata noção...
Entenderiam de onde vem essa força inabalável
Essa necessidade de ser guerreira,
De ser leoa indomável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário