29 de jul de 2009

Nosso amor


Quando encontrei você,
Até o Olimpo estremeceu...
E não houve poder maior
Mediante ao que aconteceu...

Nem Hermes que é o Deus do sonho
Sonhou que era possível,
Viajar até as estrelas
E conhecer o paraíso.

Nem as forjas de Hernesto
Produziram maior calor
Do que os beijos e as carícias
Que trocamos com amor...

Dionísio, o Deus do vinho,
Ficou completamente perplexo
Quando nos viu em delírios
Embriagados pelo sexo.

E Afrodite ficou enciumada!
Até a Deusa do amor
Sentiu-se ameaçada!

Porque foge ao controle de Zeus
A atmosfera que se forma
Quando estou nos braços seus...

Nenhum comentário:

Postar um comentário