29 de jul de 2009

Medo X Amor


Admito, é bem verdade... tenho medo...
E o medo vem consumindo meu ser...
Um medo que faz com que eu ame em segredo.
O meu futuro? – Não consigo prever...

O medo faz ser tarde, quando é cedo.
Ofusca-me o horizonte, o meu viver...
Ele construiu em mim um grande rochedo;
Mas ao mesmo tempo, o amor me faz crer!

Manter o equilíbrio agora é um desafio...
Já que ambos os sentimentos coexistem
Na correnteza de um único rio...

Disputam o mesmo espaço, fio a fio...
O medo e o amor, lado a lado persistem,
O amor me aquece, o medo dá calafrio...

Nenhum comentário:

Postar um comentário